Notícias:
latest

728x90

468x60

Destaque

Destaque

Slider Right

Cidades

Notícias

Notícias/block-1

Policial

Policial/block-1

Política

Política/block-1

Brasil

Brasil/block-2

Mundo

Mundo/block-2

Geral

Geral/block-1

Anitta desabafa após repercussão de gemido na web: ‘Não tenho problema de falar’


Anitta usou as redes sociais para desabafar sobre a repercussão da estreia da nova temporada do seu programa ‘Anitta Entrou no Grupo’.
O primeiro episódio da atração trouxe revelações bombásticas  sobre a sua vida sexual da funkeira e uma simulação de seu gemido na hora H.
Em seu Instagram, Anitta se mostrou bastante irritada com a relevância que as pessoas deram para a informação que foi exibida em um conteúdo exclusivo na internet.
“Para os fiscais da puritanização online. Essa parte foi apenas na versão Youtube do programa. Ou seja, rede social, ou seja, maiores de 18 anos. Eu não saí falando: “oi gente vim aqui gemer e falar X e Y… Eu fui PERGUNTADA, eu sou verdadeira e respondi a verdade tendo em vista que o público do YouTube já estava entendendo o tipo de pauta e de brincadeiras que eles estavam fazendo por lá”, disse.
Na ocasião a artista ainda revelou a prática do sexo a três com o atual namorado, Pedro Scooby, o que deixou os fãs da cantora eufóricos.
“MUITA gente faz e tem esse tipo de relação, só prefere não falar. Eu já não tenho problema algum de falar e quem não quiser escutar, é só assistir outro conteúdo. O programa da TV tem um conteúdio completamente diferente, musical, familiar para todas as idades. Mas o público dá mais cliques em matérias de teor sexual. LOGO, o problema não está na oferta e sim na procura”, desabafou.

Eletrobras, Casa da Moeda, EBC e Correios devem ser privatizados

A Eletrobras, a Casa da Moeda, a Empresa Brasil de Comunicação (EBC), os Correios e a Ceagesp estão entre as 17 estatais que deverão privatizadas pelo governo federal. A informação é da colunista Mônica Bergamo, da Folha.Segundo a publicação, a lista completa, que circula entre empresários, é a seguinte: Emgea, ABGF, Serpro, Dataprev, Casa da Moeda, Ceagesp, Ceasaminas, CBTU, Trensurb, Codesa, EBC, Ceitec, Telebras, Correios, Eletrobras, Lotex e Codesp.
Na terça (20), em evento em São Paulo, o ministro da Economia, Paulo Guedes, afirmou que o governo federal deverá privatizar 17 empresas estatais em 2019. Segundo Guedes, a lista será divulgada nesta quarta-feira (21).
“Vamos acelerar as privatizações. Tem gente grande que acha que não vai ser privatizado e vai entrar na faca”, afirmou Guedes. O ministro reiterou a meta que deu ao seu secretário de Desestatização, Salim Mattar, de privatizar US$ 20 bilhões neste ano.
Na semana passada, o ministro também deixou a entender que o presidente Jair Bolsonaro não descarta a privatização da Petrobras. “Vamos privatizar Correios, Eletrobras, e não duvido que vamos privatizar coisas maiores, viu, Castello?”, disse Guedes, dirigindo-se ao presidente da estatal, Roberto Castello Branco.
“As privatizações vão se acelerar”, continuou o ministro. “Lá na frente, você, Castello Branco, pode fazer algo surpreendente”, acrescentou o ministro, em fala novamente direcionada ao presidente da petroleira.